A presença de talking cure em Godard




Vivre Sa Vie (1962) é um filme de Jean – Luc Godard inspirado na figura feminina de sua esposa Anna Karina (de 1961 a 1967), ela, então, no papel de Nana. Certa de seu sonho, Nana abandona a família para arriscar uma vida de atriz. Entregue à realidade das ruas, se depara no seu caminho com a possibilidade da prostituição para sua sobrevivência. Então, é que Nana faz da sua vida um risco cotidiano impulsionado pela experiência. Por meio dela, Godard desnuda Anna Karina em closes, frames, danças e filosofia. O filme é dividido em capítulos. Para guardar na estante do nosso Mezanino do Ateliê de Psicanálise, o trecho escolhido foi O desconhecido – Nana filosofa sem saber.


Pronta para iniciar uma conversa com o homem que lhe pagou uma bebida, de repente, Nana não sabe o que dizer. Ela sabe o que quer dizer, reflete sobre o que dizer, mas no momento de dizer, simplesmente não consegue. Há em Vivre Sa Vie um ensaio que remete à arte do talking cure na psicanálise, “a cura pela fala”, compreendido também como associação livre. No momento em que Nana se põe a pensar sobre os limites que a linguagem impõe à construção de seu pensamento, ela exterioriza um desejo impossível: “eu gostaria de viver sem falar”. Por que é impossível? O homem sentado diante de Nana responde a ela todas as perguntas, e também nos responde sobre quando pensamos e não dizemos, dizemos e não sabemos sobre o que foi dito. “Balanceamos-nos, é por isso que devemos passar do silêncio para as palavras. Balanceamos-nos entre os dois porque é o movimento da vida”.


Consegue capturar a psicanálise tendo efeito-onda sob a nossa vida? Ela é capaz de estabelecer o movimento. Este vídeo lhe trará algumas inquietações inspiradas pelas perguntas de Nana sobre o uso das palavras, a vontade de permanecer em silêncio e a incapacidade de amar sem pensar e sem falar. Interessante pensar que talvez o amor não seja possível em silêncio? Não se ama em silêncio porque não se pensa sem a fala. Como amar sem pensar? <3 Godard simplesmente não se tornou o conceito-Godard à toa. Ele precisou trabalhar minuciosamente em seu ateliê pessoal esta obra de arte em forma de filme.


O filme completo está disponível neste link: http://cinemacultura.com/?p=2163


#associaçãolivre #talkingcure #vivresavie #godard #annakarina #1962 #psicanálise #freud #lacan #curapelafala #nouvellevague #psicanáliseenouvellevague

Featured Posts
posts recentes
 

     ©2015 por ana c. Meirelles e ateliê

        ouro preto - minas gerais 

31 3350-3015