o que traz a primavera...


segunda literária

abrir para si o ler

mas é preciso cuidar da leitura, porque a voz – se for incerta no seu deserto –

mata,

mata a leitura e o texto _______

(maria gabriela llansol,

os cantores de leitura)

com a chegada da primavera, em mais um giro da letra, o Ateliê de Psicanálise e Outras Artes, prepara-se para dar continuidade aos seus encontros de leitura. para 2018, na leitura de cartas, romances e poemas, nos deparamos com as escritas de marguerite duras e emily dickinson. e é na companhia dessas escritoras, que a estrada continua a ser percorrida, nesse mais além da palavra, em correspondência com textos de Roland Barthes.

​retornamos, propondo as seguintes passagens:

1 de outubro: ler e escrever a leitura

maria gabriela llansol e os cantores de leitura

5 de novembro: ler o escrever

marguerite duras e o prazer do texto

3 de dezembro: ler, traduzir, escrever

cartas e poemas de emily dickinson, a caminho

10 de dezembro: vozes de clarice

leituras improvisadas para clarice lispector

​os encontros são gratuitos!

abertos aos interessados e acontecem, às 19h30, no ateliê!​


Featured Posts
posts recentes
 

     ©2015 por ana c. Meirelles e ateliê

        ouro preto - minas gerais 

31 3350-3015